sexta-feira, 30 de março de 2012

Mensagem de Páscoa


Amigos, intitulei a postagem de hoje como “Mensagem de Páscoa” apenas pelo seu conteúdo, mas creio ser importante esclarecer, para aqueles que desconhecem, que os espíritas não comemoram a páscoa, embora respeitem e reconheçam a sua importância para aqueles que a celebram.

Para a Doutrina Espírita, não há a “Semana Santa”, o “Sábado de aleluia”, o “Domingo de Páscoa”, ou ainda o “Senhor Morto”. Aliás, a prática da “malhação do Judas”, comum nesta época, é absolutamente incoerente com a prática espírita, pois destoa do perdão recomendado pelo próprio Jesus, princípio este que, entre outros tantos recomendados pelo Mestre, norteiam a Doutrina Espírita.

O principal objetivo da Doutrina Espírita é a melhora moral do homem. E acreditamos que isso se faz no dia-a-dia, independentemente de feriados ou ocasiões especiais.

* * *

Oportunidades desprezadas

Era a semana da Páscoa. Nunca mais haveria dias de tal significado.

O Pastor estava entre os homens e os homens não O identificaram.

Naquele primeiro dia dos quatro últimos de Sua jornada na Terra, Jesus estava no Templo de Jerusalém. Como muitas vezes anteriores, passara o dia a ensinar às gentes que O desejassem ouvir.

E como das vezes anteriores, sofreu os ataques dos sacerdotes, daqueles mesmos que eram os líderes religiosos de um povo ávido de justiça e consolo.

Então, no entardecer, quando o dia começava a morrer, deixando-se abraçar lentamente pela noite, o Mestre demonstrou Seu cansaço.

Não era o cansaço do povo, das gentes sofridas, das dores multiplicadas que Lhe chegavam, em ondas constantes.

Era o cansaço por verificar o desprezo à religiosidade justamente dos que deveriam ser os mais interessados na preservação do patrimônio religioso.

E eles desprezavam a mensagem de que era portador o Messias.

Num lamento, falou Jesus e o Evangelista Mateus anotou:

Jerusalém, Jerusalém, que matas os profetas e apedrejas aqueles que são enviados a ti. Quantas vezes eu quis reunir os teus filhos do mesmo modo que a galinha recolhe debaixo das asas os seus pintinhos! E tu não o quiseste. Eis que a tua casa ficará deserta.

Jesus se encontrava na capital religiosa do mundo de então, em plena semana da festa religiosa mais importante do ano.

Ele era o Rei, o Enviado, o Pastor das almas e eles não se davam conta disso.

Todos se preparavam para a comemoração da Páscoa e não aproveitavam a presença celeste entre eles, o Mensageiro mais excelso que a Terra conheceu.

Era um momento especial e os homens o deixaram escorrer por entre os dedos.

* * *

Hoje, ainda, existem oportunidades desprezadas por muitas criaturas.

Deixamos de atender o convite do Pastor para correr em busca de valores efêmeros. Coisas que hoje são valorizadas e amanhã não mais farão parte do rol de itens importantes.

Somente os valores reais são imperecíveis, inalteráveis no tempo.

A serenidade com que Sócrates recebeu a pena de morte que lhe foi imposta é a mesma serenidade que desfrutam todos os que compreendem que a vida é uma passagem rápida por um mundo de formas e inconsistências.

A paz de espírito que movia Gandhi é a mesma hoje, para todos os que abraçam a proposta da não-violência.

O amor ao próximo que motivou Albert Schweitzer a se embrenhar na África Equatorial Francesa para atender aos seus irmãos é o mesmo que moveu Madre Teresa de Calcutá, nas estradas da Índia e nas ruelas do mundo.

É tempo de pensar!

É tempo de reformular ações.

Tudo para que não venhamos a nos transformar em uma casa vazia, um lugar deserto.

Tudo para que nos voltemos para as coisas do Espírito, atemporais, imperecíveis.

O que equivale a dizer: sem apegos materiais. Conscientes de que os bens da Terra são para serem usados, para nos servirem, não para nos dominarem.

Conscientes de que as chances de crescimento devem ser aproveitadas, porque nunca se reprisarão da mesma forma, na mesma intensidade...

Pensemos nisso!

(Redação do Momento Espírita)

Blog do Renascer

domingo, 11 de março de 2012

Tradicional Feijoada do Renascer 2012


O Grupo Espírita Renascer realizará dia 01 de ABRIL de 2012, um domingo a partir das 11:30h da manhã a sua já Tradicional "FEIJOADA DO RENASCER", você terá a oportunidade de saborear uma deliciosa feijoada com tudo o que tem direito. 

Não perca e vá se preparando e convidando os amigos. A renda e totalmente revestida para as melhorias do Grupo e dos trabalhos sociais.

Os convites já podem ser adquiridos antecipadamente no valor de R$ 10,00 ( Dez Reais ) em nossa na secretaria ou com algum trabalhador da casa.

Local do Evento:
Rua: Antenor Rocha Alexandre, n° 200 Parque Manibura.

Você não pode perder essa delicia!

à Direção

quinta-feira, 8 de março de 2012

8 de Março, dia da Mulher.

Homenagem a Mulher Zilda Arns

No momento em que se comemora a 8 de março O DIA INTERNACIONAL DA MULHER, o Grupo Espírita Renascer cumprimenta a todas as mulheres que, de uma forma ou de outra, têm contribuído com o progresso moral da Humanidade. 

O Espírito, criado simples e ignorante, liga-se ao elemento material para desenvolver todo o seu potencial intelectual e moral, a fim de vir a ser Espírito puro, como demonstrou ser o Mestre Jesus, quando veio viver na Terra. 

Assim, o homem e a mulher, Espíritos aperfeiçoando-se, recebem do elemento material a forma física, com todas as suas características, necessidades ao seu desenvolvimento.

Então, a mulher, tanto quanto o homem, tem a mesma importância e as possibilidades no processo evolutivo da humanidade e da Terra. 


A mulher espírita, assim compreendendo, assume a sua responsabilidade na família, na vida profissional e nas atividades de estudo e divulgação da doutrina espírita, não buscando imitar os homens, ou competir com eles, mas, trabalhando ao lado deles, na tarefa de melhorar este mundo, doando do que tem. 


Vê-se assim, a francesa Amèlie-Gabrielle Boudet, apoiando seu esposo Allan Kardec, enfrentando preconceitos, dificuldades financeiras, acompanhando-o nas viagens, trabalhando com ele, e após seu desencarne, assumindo suas responsabilidades, comparecendo até no tribunal de justiça em defesa do Espiritismo.

Vê-se também a espanhola Amália Domingo y Soler, "a Grã-Senhora do Espiritismo", como a chamou o escritor argentino César Bogo, que dedicou sua vida a divulgar o Espiritismo, na Espanha, através da imprensa, lutando sempre com enfermidades, principalmente com a cegueira, e debatendo com os contrários da nova doutrina.

Assim também, a brasileira Anália Franco, emérita educadora, não mediu esforços para desenvolver e concretizar seus projetos na construção de casas-lares para as crianças desamparadas. Sua ação não se limitou ao meio espírita, porquanto, como educadora tornou-se respeitada e admirada por autoridades públicas e religiosas, em uma época de ferrenhos ataques ao Espiritismo. 

Sem a presença da mulher na Terra, o homem careceria de exemplos concretos de sensibilidade humana em alto grau de expressão. 


Fonte:
Jornal Verdade e Luz.



Blog do Renascer 


terça-feira, 6 de março de 2012

Obreira das canções da espiritualidade

Elizabete Lacerda, Espírita, compositora, intérprete e cantora, mineira de Abaeté, domiciliada em Brasília há sete anos, tem por objetivo no seu trabalho com  sua música, evangelizar cantando.

video
Música: Renova-me

Faz da canção instrumento para harmonização de ambientes, evangelização de adultos e crianças e, acima de tudo,  preces dirigidas à espiritualidade superior. Já está no seu quarto CD Sendo o último, Em Canto, dedicado à infância e à juventude. Seu trabalho não objetiva fins comerciais. Toda a renda sustenta os CDs e assiste a instituições carentes.

O Blog do Renascer empenhado em trazer pra você o que há de melhor no Movimento Espírita,  traz dessa vez  a belíssima voz dessa interprete espírita chamada Elizabete Lacerda, quem quiser conhecer mais as canções dessa obreira da espiritualidade dê uma olhadinha no You Tube.

Blog do Renascer

segunda-feira, 5 de março de 2012

PALESTRA DO MÊS


“ VIVENCIANDO A ESPIRITUALIDADE EM FAMÍLIA ”

As Palestras Públicas do Grupo Espírita Renascer acontecem todas às ultimas Sextas-Feiras do mês, portanto convidamos você para a Palestra do Mês de MARÇO de 2012 com a nossa companheira CAROLINE SECUNDINO, dia 30/03 às 20:00 em nosso Auditório.

Não perca, venha e traga a família. Além da Palestra temos uma exposição de livros onde você poderá adquirir a preços acessível qualquer obra. Venha conferir.

Blog do Renascer

Grupo Lema Apresenta:


O Grupo de Teatro Leopoldo Machado (LEMA) estará fazendo única apresentação no Teatro José de Alencar, da peça DEUS, no dia 18 de março! Oportunidade imperdível de aculturar-se e de privar de momentos de enlevo espiritual. Confira!


UM ESPETÁCULO QUE VAI MEXER COM VOCÊ

Teatro José de Alencar
Rua: Liberato Barroso, 525 - Centro
Ingresso: R$ 20,00 ( inteira ) / R$ 10,00 ( Meia )
Promoção: R$ 10,00 Antecipado
Informações: 8805.9318 ( Reginauro ) - 3212.4268 ( FEEC )

Blog do Renascer

quinta-feira, 1 de março de 2012

70 anos do livro Paulo e Estevão



No dia 2 de março de 2012 completa 70 anos do livro Paulo e Estevão.


Paulo e Estevão é uma obra psicografada através da mediunidade de Francisco Cândido Xavier, ditada pelo espírito Emmanuel em 1942. 


Esta obra é apresentada como " Episódios Históricos do Cristianismo Primitivo ", que conta o período histórico a partir do ano de 34 d.C ( um ano após a morte de Jesus ) até 67 d.C. ( provável ano do falecimento de Paulo de Tarso ). O livro traz revelações históricas nunca antes mencionadas seguindo rigorosamente a ordem cronológica do livro bíblico Atos dos Apóstolos, dando também um sentido mais profundo para as citações pessoais de Paulo em suas Epístolas.


Toda essa história está registrada em Atos dos Apóstolos, mas quando se lê o romance de Emmanuel é que se tem a real dimensão da importância do trabalho do convertido de Damasco para a história do Cristianismo. Essa importante obra encerra a mensagem de que é possível mudar a qualquer tempo, porém, toda mudança congrega muitas consequências.


Imperdível, fica registrado então a dica de leitura pra você. Esse livro consta em nossa livraria.





Blog do Renascer